Trabalho de revista no Mossoró Cidade Junina segue intensificado

Visando garantir a segurança de quem comparece à Estação das Artes Elizeu Ventania para assistir aos shows, o trabalho de revista na entrada começa logo no início da noite. Quem não entra com cooler pode se dirigir a passagem principal. Já quem quer levar alguma bebida precisa ir para a entrada pela direita. São no mínimo quatro seguranças em cada entrada realizando a vistoria.

“Todo pessoal que vem é revistado. Revistamos inclusive o cooler. Prezamos sempre pela segurança de quem vai a festa. Se tiver algum objeto perfurante ou alguma droga é apreendida no local e chamamos a polícia”, destacou Alan David, um dos seguranças que realiza o trabalho.

Quem estiver na Estação e por acaso saia e queira voltar a festa é novamente revistado. “Se sair e quiser voltar é revistado novamente. Realizamos um trabalho minucioso para evitar problemas”, frisou Alan.

O trabalho de revista é uma das ações preventivas realizadas por agentes de segurança. O efetivo policial e de guardas municipais também está distribuído por todo o Corredor Cultural, na área da festa. A integração conta ainda com Polícia Civil e Distrito de Polícia Rodoviária Estadual.

“Aliado a isso, temos o videomonitoramento especialmente para o Mossoró Cidade Junina com 50 câmeras instaladas em pontos estratégicos. As imagens são acompanhadas através de uma Central  instalada no Teatro. Também temos o monitoramento permanente realizado na Central de Comando acompanhado por agentes de Trânsito e da Guarda”, informa Sócrates Vieira, secretário de Segurança.

A noite deste sábado teve início com o cantor André Luvi e segue com a cantora Joelma, sendo finalizada com Lagosta Bronzeada.

Leave a Comment