Em noite de São João, mossoroenses seguem a tradição das fogueiras

A noite deste sábado iniciou iluminada nas ruas de Mossoró. Isso porque é véspera de um dos mais tradicionais santos juninos, São João e as fogueiras marcam a passagem deste dia.
Pontualmente, às 18h, dona Áurea Pereira, moradora do bairro Aeroporto, acendeu sua fogueira. Já tinha alguns anos que a dona de casa não seguia a tradição. “Meu marido sempre acendia fogueira. Depois que ele faleceu acabei não seguindo mais a tradição dele, mas hoje, vi alguns pedaços de lenha e resolvi acender”, disse ela.
Dona Áurea também aproveitou o dia para preparar as gostosuras do desta época. “Fiz todas as comidas típicas, tem canjica, pamonha, bolo, milho cozido e daqui a pouco tem milho na fogueira”, finalizou ela.
O casal Erismar Alves e Ana Lídia Alves não tem muito costume de fazer fogueira, mas hoje foram pra calçada de casa, no bairro Quixabeirinha, aproveitaram a brasa e se deliciaram no milho assado. “Não muito costume de fazer fogueira não, mas tinha uns milhos aqui e decidi acender pra assar esse milho”, disse Erismar.
As crianças também aproveitaram a tradição junina. Na casa de Emanuele Laura, no bairro Boa Vista, todos os anos a fogueira faz a alegria da criançada. “Todos os anos a gente tem que fazer a fogueira, as crianças brincam e adoram, a gente sempre fica por perto pra ter cuidado com o fogo e dá tudo certo e aproveita também pra assar um milho”, falou Emanuele.
A fogueira tem seu fundamento na história do nascimento de João Batista. Era um sinal de Santa Isabel, mãe de São João, para Maria, mãe de Jesus, para anunciar o nascimento de seu filho.

Leave a Comment