Colégio Marista homenageia Mossoró Cidade Junina

O Colégio Marista, de Natal está se preparando para celebrar 90 anos de existência no Rio Grande do Norte. Para comemorar o feito, desde o ano passado a escola homenageia municípios do Estado que contribuem com o fomento da Cultura no RN de um modo geral. Nos dias 14 e 15 desde mês a escola desenvolveu uma programação especial para homenagear o Mossoró Cidade Junina.

O evento tem como tema “Mossoró: cultura, fé e força de um povo”, e tratou não apenas dos festejos juninos, mas de contextos históricos importantes como a resistência ao Bando de Lampião, o motim das mulheres, o primeiro voto feminino e a libertação dos escravos.

Quase três mil alunos e 300 docentes estavam envolvidos no projeto. “A programação é feita através de uma consulta aos alunos para a escolha da cidade, que melhor tem contribuído para o processo cultural. Escolhida a cidade, começa o processo de estudo e pesquisa sobre a cidade, a parte cultural, e a partir daí, os alunos são responsáveis de montar os espetáculos que são a culminância de tudo”, explicou o diretor da escola, Assis Brito.

O projeto reproduziu a Estação das Artes Elizeu Ventania, o espetáculo Chuva de Bala no País de Mossoró, o Polo de Cultura Popular, a Cidadela, os concursos de quadrilhas juninas e o Pingo da Mei Dia, com shows da dupla Aline e Deyvid.

The gallery was not found!

A prefeita Rosalba Ciarlini e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Lahyre Neto, estiveram presentes na abertura do evento. “Fiquei muito feliz com o que vi aqui, a nossa cultura sendo tão bem retratada. Já fizemos o convite para que todos vão pessoalmente a Mossoró, que conheçam o evento”, afirmou.

O poeta Antônio Francisco, que é o homenageado deste ano no espetáculo Chuva de Bala, também foi homenageado no evento do Colégio Marista. “Tenho orgulho de levar o nome de Mossoró em todos os lugares que vou. Aqui não poderia ser diferente”, concluiu.

Leave a Comment